Quem vai ser campeao mineiro de 2010

cruzeiro

Ser Cruzeirense... O Cruzeirense é diferente de qualquer outro torcedor É diferente, pois não se restringe a ser Somente torcedor Ser Cruzeirense é como casamento Na saúde e na doença Nas alegrias e nas tristezas Mesmo quando a doença parece não ir E as Tristezas teimam em permanecer O Cruzeirense é capaz de Após uma derrota humilhante Pegar a camisa no armário E sair às ruas Mesmo sendo alvo de piadas Isso por que o Cruzeirense não torce por um time Torce por uma nação E tal qual em uma guerra Um cidadão não renega um país Mesmo que a derrota seja grande O Cruzeirense apóia seu time na derrota Pois os obstáculos engrandecem Seu sentimento de nacionalismo Mas o Cruzeirense tem algo que os outros nunca terão Tem paixão Tem o Cruzeiro Esporte Clube.

Pesquisar este blog

Loading...
Loading...

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Adilson

Era tudo que eu sabia, Adilson chegou em 1989 e ficou até 92 e estava de volta, em 2008, para assumir o comando do time deixado por Dorival Júnior. Ainda nesse (re) começo, fui de um extremo ao outro. Fui da admiração e da alegria, à raiva e a revolta com o trabalho de Adilson. Por vezes, tentei justificar os erros do treinador pela falta de entrosamento com a equipe, e tentei justificar os meus erros pela euforia de querer ver o Cruzeiro campeão.

Mas isso passou. Entre erros e acertos, Adilson teve tempo para colocar o Cruzeiro no caminho das vitórias, mas devido às circunstâncias vividas, o tempo não se fez suficiente e a paciência do torcedor acabou. A dele também. Adilson se despedirá do time após o próximo jogo, anunciou sua saída depois do empate contra o Santos, no último jogo da equipe celeste do Mineirão antes da reforma. É, a essa altura, até eu queria que ele saísse em função de desgaste sofrido.

Contradição é a palavra mais marcante. Números surpreendentes - 170 jogos, 97 vitórias. Desempenho: 64%, o maior desde Luxemburgo. Nisso se incluem as duas vagas conquistadas para a disputa da Libertadores, e a incrível arrancada do Cruzeiro no Brasileirão’09. Do outro lado, a ausência de algum título de expressão (com AB, o Cruzeiro foi Campeão Mineiro em 2008 e 2009 + os gloriosos 5x0).

Já é hora de ir, Adilson. Mas não permito que se vá sem relembrar que Adilson tem o que nós torcedores pedimos a muitos jogadores e que temos ferrenhamente cobrado de nossos dirigentes: amor à camisa. Mesmo que o momento não seja de glória e que haja ressentimentos das duas partes, Adilson vai embora levando consigo o carinho e a consideração que tem pela sua história no Cruzeiro e pela história do nosso clube. Que ao menos isso seja respeitado porque, hoje em dia, isso é digno de louvor.

Obrigada Adilson. Sobretudo, pelo respeito. Boa sorte!

domingo, 4 de julho de 2010

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Riquelme

Continua a novela riquelme ...
"Alta cúpula do Cruzeiro toda reunida neste momento na Sede Administrativa."

"Agora é certo, o contrato do Roquelme está nas mãos do jurídico. Dr. Diretor não me deixa mentir, o Riquelme é nosso! Vamos comemorar". disse um ex:funcionario do cruzeiro.

Como avia avisado riquelme e do cruzeiro , agora basta esperar o anuncio oficial
que esta demorada já e muito.

Cruzeiro te aguarda Riquelme.